Pulo do Gato amarga mais um placar adverso pela Liga Paulista

Chuck e Betinho na disputa pela bola (Foto: André Montejano)
Em busca da segunda vitória na Liga Paulista, O Wizard/Pulo do Gato/Sanasa enfrentou nesta quarta-feira (2), no Ginásio Rogê Ferreira, em Campinas (SP), a equipe do São José/Valesul, pela Liga Paulista de Futsal.
O Jogo:

Logo no ponta pé inicial, em boa jogada tramada pela ala, a equipe de São José dos Campos abriu o placar. Nos minutos seguintes, o Pulo do Gato parecia nervoso, não conseguindo colocar em prática seu futsal.

O prejuízo ficou maior logo depois, quando a arbitragem marcou pênalti para o adversário, que não desperdiçou. Pulo do Gato 0 x 2 São José. A partir do segundo gol, o time da casa tomou a iniciativa do jogo, mas não conseguia ser efetivo no ataque.

A partida mudou de figura na metade do primeiro tempo. Em boa jogada gatense pelo meio, Fábio deu um lindo passe de letra, e Valtinho chutou para fora. O Pulo se animou e logo no ataque seguinte diminuiu o placar, em jogada de Fábio, que deu passe, cruzando a área, para Alemão marcar. Pulo do Gato 1 x 2 São José.

A partir daí, marcando sob pressão, o time da casa forçou inúmeros erros do adversário, que inclusive estourou o limite de faltas. O empate parecia próximo. A primeira chance para o empate veio em cobrança de tiro livre, desperdiçada por Valtinho, e faltando 12 segundos para o término da primeira etapa, Fernandinho em jogada pela ala fintou a marcação, cortando para dentro e concluindo para o gol com sucesso. Pulo 2 x 2.No segundo tempo, a partida não mudou, pressionando, o Pulo buscava a virada. A oportunidade mais clara de gol no segundo tempo aconteceu com Jorge Matheus. Em superioridade numérica no contra-ataque, o ala optou pelo chute, tendo dois atletas em melhores condições para finalizar o ataque.Novamente após intervenção duvidosa da arbitragem, o Pulo estourou o limite de faltas, e ficou em situação delicada no jogo. O São José aproveitou e em cobrança de tiro livre fez o terceiro gol.

Imediatamente, o técnico Jefferson Novaes optou pelo uso do goleiro linha, era tudo ou nada para o Pulo do Gato. No minuto final, em passe do goleiro linha Chuck, Valtinho concluiu em cima do goleiro, foi a última chance gatense.

Com informações: André Montejano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *