Argentina fatura a Copa das Nações a torcida grita ‘Falcão’

Renovado após as saídas de ‘medalhões’, os quais protestam diante a atual gestão da CBFS (Confederação Brasileira de Futsal), o Brasil pagou caro e caiu diante a Argentina, na final da Copa das Nações, disputada na manhã desta domingo (30), no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), onde o placar final foi de 3 x 2.
O jogo: 
No primeiro tempo, Joãozinho fez boa jogada pelo lado direito e cruzou na área para o artilheiro Sinoê mandar para o fundo da rede. Na  sequência, o técnico Ney Pereira mudou toda a formação brasileira, com exceção do goleiro Renan, e os reservas logo deram conta do recado. O pivô Genaro mandou a bola no travessão, na sobra, Joãozinho rolou para o meio da quadra, onde estava o próprio Genaro, que ampliou a vantagem.
Na etapa complementar, após muita persistência, os adversários descontaram por meio de Franchini. O empate veio após Basile se aproveitar de um descuido por parte da defesa brasileira e fez 2 x 2. O empate daria o título ao Brasil, por ter a melhor campanha na competição, porém, o castigo aconteceu a 14 segundos do fim da partida, quando Basile (agora na função de goleiro-linha), bateu com força, dando números finais à partida.
Irritada com o revés a 14 segundos para o fim da partida, a torcida mineira pediu, aos gritos, a volta do craque Falcão (Brasil Kirin), que disse que não vai mais defender a seleção brasileira enquanto não ocorrerem mudanças na administração da entidade.

Com informações: Globo Esporte.com
Frame: TV Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *