Suspeito de matar Douglas Nunes é detido em Erechim

Ricardo Jean Rodrigues, o suspeito de assassinar o pivô do Corinthians, Douglas Nunes, foi detido na tarde deste domingo (11). A prisão aconteceu na cidade de Erechim (RS), onde o time paulista estava desde a última semana, para disputar a Taça Brasil de Clubes.

O suspeito, de 25 anos, que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, confessou ter atirado contra o atleta, após ambos se envolverem em uma briga em uma casa noturna, localizada na cidade gaúcha. Durante seu depoimento, Ricardo Jean afirmou que foi convidado por um amigo, que também é jogador de futsal, a subir no camarote, onde beberam espumantes com os demais atletas. Na hora de sair o grupo divergiu quanto ao valor que deveria ser pago por cada um, causando uma briga.

Segundo o delegado responsável pelo caso, ele e outros jogadores estavam no bar, quando Douglas se envolveu em uma discussão. Conforme a polícia, o grupo havia tomado espumante no camarote e, na hora de sair, acabou discutindo sobre o pagamento da conta.

Ao sair do local, um dos homens com quem o jogador havia discutido pegou o carro, estacionou em frente ao estabelecimento e atirou contra ele, que foi atingido na cabeça. A vítima chegou a ser socorrida por bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Com informações: Correio do Povo |Foto: Divulgação/Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *