Conheça um pouco mais sobre Jose Luis Costas, craque do futsal argentino

José Luis Costas, ou simplesmente ‘Costas’, é um dos grandes nomes do futsal argentino. Nascido em 19 de julho de 1980, na capital Buenos Aires, Costas iniciou sua carreira nos anos 2000, no Sportivo Barracas, onde já conhecia a modalidade e foi levado por um amigo.


Costas, que dentro das quatro linhas, atua como ala, caindo pela direita ou esquerda, passou por outras equipes de seu país, dentre elas River Plate, Pinocho, Boca Juniors, El Porvenir, Nueva Estrella, Banfield, Camioneros, Arsenal, Temperley. Atualmente, defende as cores do Boca Juniors Bafi Élite (Liga paralela à AFA e Lanús Futsal – maior de 30 (Súper Liga).


A seguir, o atleta, em entrevista exclusiva ao Futsal em Pauta, fala sobre seus ídolos, clube de coração e seleção argentina: “Meu ídolo é o Falcão, porque tive a sorte de enfrentá-lo muitas vezes e tem uma humildade impressionante. E aqui, na Argentina, tenho vários jogadores, com os quais tive a sorte de jogar, como Vaporaki, Fernando Whilhem, Titi Borruto, etc“.


Meu time de coração é o Club Atlético Boca Juniors, no qual pude ganhar quatro campeonatos. Também fui campeão em vários clubes, mas ser campeão com o Boca, e poder dar a volta olímpica dentro do estádio, foi o máximo“, diz.


A primeira convocação para a seleção argentina foi no ano de 2005, época em que José Luis Costas jogava no Sportivo Barracas. Para ele, uma sensação única e indescritível: “A mais linda sensação que pude passar”;

O que de mais lindo que me aconteceu jogando pela seleção argentina, foi disputar dois jogos amistosos no Japão. Me posicionar para saudar, ouvir e cantar o Hino Nacional Argentino, me caíram as lágrimas. Além disso, conhecer pessoalmente o Falcão, foi algo incrível. Foi um grande jogador e é uma grande pessoa“, afirma.


Costas também se lembra do gol mais importante de sua carreira:
Um dos gols mais importantes, foi quando jogamos contra o Carlos Barbosa, pela Copa Libertadores. Era uma partida internacional e poder jogar contra todos esses atletas, era uma honra. Pude fazer um gol nesse dia. E um gol muito importante, pessoalmente, até porque foi o primeiro que marquei atuando pelo Boca Juniors. E outro gol, foi contra o San Lorenzo, que nos serviu para sermos campeões com o River Plate“, relembra.


Costas fala ainda, sobre a evolução do futsal na Argentina (campeã mundial FIFA em 2016 e vice em 2021):
A evolução do futsal na Argentina tem crescido muitíssimo nos últimos tempos, principalmente quando a seleção sagrou-se campeã mundial em 2016. Tudo isso produziu um grande impacto no país e cada dia mais, meninos e meninas querem praticar este grande e charmoso esporte“, diz.

Atualmente, Costas se dedica à muitas atividades dentro do futsal, além de ter um perfil no Instagram, no qual trabalha com materiais esportivos voltados ao atleta:
Hoje em dia, estou ensinando o futsal na escolinha de futebol ‘Progreso de Adrogué’ e também ensino o fomento do futsal em Darwin. Também ocupo meu maior tempo à minha mini-empresa, chamada ‘Semi_bags’, onde temos produtos como necessaire, chuteiras, mochinas e etc. Agora, estamos começando com a venda de chuteiras da marca Kelme“, encerrou.

Para quem quiser conhecer mais sobre os produtos, basta seguir: @semi_bags

Foto: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *