Sem verba, Sertãozinho encerra as atividades

A direção do Sertãozinho Futsal Clube anunciou nesta quarta-feira (8), o encerramento das atividades da equipe profissional. O motivo alegado foi a falta de apoio financeiro. Segundo Dino Pontes, presidente e fundador da equipe, a Prefeitura de Sertãozinho (SP), parceira da agremiação, apresentou uma proposta que cobriria apenas 50% do valor mensal necessário para manter o clube em atividade.
“A prefeitura até ajuda com metade do valor que precisamos, mas infelizmente não é o suficiente. Precisamos de algo em torno de R$ 60 mil por mês. Não temos condições de bancar o restante, a cidade não nos ajudou e ficou inviável manter o time. Acho que poderíamos ter mais ajuda, mas a prefeitura tem suas prioridades”, explicou Pontes, que revelou ter utilizado o próprio dinheiro para ajudar a equipe na temporada passada.
‘Em 2013 eu coloquei dinheiro do próprio bolso, tive prejuízo, mas agora não tem como continuar. É uma pena, o esporte amador fica cada vez mais em segundo plano no Brasil”, lamentou.
Desempenho
Em três anos de existência, o Sertãozinho conseguiu o acesso à principal divisão do futsal de São Paulo e foi um dos fundadores da Liga Paulista, onde enfrentou equipes tradicionais como AABB, Corinthians e Intelli. Em sua curta existência, o time sertanezino também conquistou o tricampeonato dos Jogos Regionais e o bicampeonato dos Jogos Abertos.
“Neste trabalho de três anos, construímos um nome, o Sertãozinho ganhou uma boa reputação, pagando em dia, com organização. Representamos a cidade, fomos fundadores da Liga Paulista. A gente almejava até disputar a Liga Futsal dentro de uns anos”, comentou Dino Pontes.
“Não existe mais possibilidade de o time voltar, não comigo, pelo menos. Cheguei ao extremo, não tem como voltar atrás, eu cansei. Faz um ano que aviso dos nossos problemas financeiros, infelizmente não tivemos ajuda e o projeto terminou”, concluiu.
Com informações: Globo Esporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *