Missão cumprida: LPF encerra 2020 com sucesso em todas as categorias

Mesmo com todas as adversidades surgidas neste ano, a LPF (Liga Paulista de Futsal) jamais desistiu de suas metas, e colocou em prática tudo o que estava planejado para o segundo semestre. Mesmo com a desistência de alguns clubes, a principal competição estadual do Brasil reuniu grandes forças da modalidade e todas as categorias e com mais uma novidade: a criação da LPF Feminina – Sub-17. No masculino adulto, mais duas novidades: Brutos Futsal/Limeira e Barão de Mauá/Futsal Ribeirão.

Ao longo do ano, toda a equipe de comunicação trabalhou, incansavelmente, na organização de centenas de lives, as quais tiveram como protagonistas atletas, ex-atletas, supervisores, dirigentes, treinadores, ex-treinadores, profissionais de imprensa, profissionais de educação física, fisioterapeutas, dentre outros. Enquanto as lives eram produzidas e apresentadas, o Departamento administrativo da LPF buscava soluções junto aos clubes, órgãos públicos e de saúde, uma maneira coerente de ter uma competição oficial, a qual respeitasse todos os protocolos estabelecidos.

Em 18 de setembro, no Ginásio Alaor Ferrari, em Dracena (Interior de São Paulo), aconteceu a primeira rodada da competição entre Tempersul/Intelli/Dracena e Associação Atlética Botucatuense, com vitória da equipe da casa por 5 x 2, com dois gols de Joãozinho, um de Marcelo Russas, um de Tatinho e outro de Lucas. Já para a AAB, marcaram Totinha  Eri.

Na grande final, disputada na última sexta-feira (11), em Araraquara, a mesma Tempersul/Intelli/Dracena ficou com o título inédito, ao vencer, nos pênaltis, o Pulo Futsal/Campinas por 6 x 5. No tempo normal. empate por 3 x 3 e na prorrogação, novo empate: 0 x 0.  A principal novidade foi a transmissão ao vivo pelo Canal Band SporTV, o qual reuniu, pela primeira vez, toda a equipe da TV LPF.

Ainda em Araraquara, a LPF promoveu duas decisões: a primeira pela categoria sub-20 entre o São André Futsal e Juventude, de Santana do Parnaíba. Nos segundos finais, o Santo André ficou com título após vencer por 5 x 4. Na sequência, aconteceu a grande final da LPF Feminina. Ferroviária de Araraquara e Primeiro de Maio/Santo André reeditaram a final de 2019, e mais uma vez a equipe do interior sagrou-se campeã, ao vencer por 2 x 0.

LPF Júnior e Kids:

Pelo segundo ano, a LPF promoveu competições para as categorias menores, incluindo o futsal feminino (sub-17). A fase final começou em Taboão da Serra e Mogi das Cruzes  – ambas as cidades na Grande São Paulo – com jogos válidos pelas oitavas de final. Já as semifinais, disputadas neste sábado (12),  tiveram como palco, o Ginásio Rogê Ferreira, em Campinas, e mais uma vez o ‘CEMPRE’ Botujuru, em Mogi das Cruzes. As partidas finais foram disputadas ao longo deste domingo, também na cidade de Campinas, onde a TV LPF exibiu ao vivo, todos os jogos, em mais de 22 horas de transmissões.

Jefferson Novaes, o ‘Jeffão’, Presidente da LPF, falou uma Rede Social, sobre mais uma temporada que se encerrou:

“Não foi fácil tomar a decisão de enfrentar o desafio de realizar nossas competições diante de uma terrível pandemia, mas resolvemos encarar! Na LPF é assim; dificuldades são com nós mesmos. Colocamos nosso coração e o amor pela modalidade acima de tudo e fomos pra cima. Desde sexta estamos praticamente virados. Tudo se iniciou em Araraquara e terminou neste domingo, com nossas categorias menores, masculino e feminino. Nosso lema era: não seremos vencidos pela pandemia, e a Liga venceu, ou melhor: o Futsal venceu! Obrigado a todos os participantes, obrigado equipe LPF. Vocês são os melhores!”
Foto: João Paulo Benini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *