Londrina tenta reativar parceria com São Paulo FC

Parceria com Suzano acaba em dezembro (Foto: Gilberto Santos)
  
O São Paulo Futebol Clube tem interesse em reativar a parceria com a Unifil para o futsal masculino em 2014. A informação foi confirmada ontem pelo supervisor do time paulista, Alexandre Gaspar. Em entrevista à ‘FOLHA’, o dirigente afirmou que a parceria com Suzano (SP) não deu certo e não será renovada para a próxima temporada, e que o Tricolor busca um novo parceiro para o ano que vem.
Gaspar contou ter feito o primeiro contato com o diretor de esportes da Unifil, Julio Brevilheri, no início de setembro, para manifestar o interesse em voltar à cidade. “Londrina foi uma das melhores parcerias que a gente teve, não tivemos dor de cabeça alguma, foi tudo documentado certinho, o Júlio e a instituição são muito idôneos”, comentou o dirigente, que admite ter gostado muito de trabalhar em Londrina.
Pelos lados da universidade londrinense, a proposta foi bem recebida, mas a parte financeira pode impedir o acordo. Brevilheri não confirmou se a Unifil estaria disposta a investir ao menos o mesmo montante da primeira parceria – cerca de R$ 350 mil –, mas afirmou que já protocolou no Ministério do Esporte um projeto para angariar recursos pela Lei de Incentivo ao Esporte. O resultado deve sair até o final de novembro. A ideia é não utilizar recursos municipais.
O dirigente londrinense garante que há o interesse, desde que o São Paulo cumpra com duas condições fundamentais. “O São Paulo foi um parceiro que honrou 100% o que foi acordado, então se vier com as condições de colocar recursos e cedendo a vaga, existe a possibilidade de viabilizar o projeto. Também são duas entidades privadas”, afirmou. “A instituição ficou 15 anos fazendo esporte de alto rendimento, o Dr. Eleazar (Ferreira, reitor da Unifil) gosta muito, o retorno de mídia é interessante”, completou Brevilheri.
Osasco
Londrina, no entanto, não é a favorita no páreo. Segundo Gaspar, a diretoria paulista já mantém tratativas avançadas com a cidade de Osasco (SP). “Digamos que as chances de acerto com Osasco são grandes, mas como não há nada de oficial, pois eles também dependem de Lei de Incentivo ao Esporte, a gente não pode ficar à mercê. De repente não dá certo, então temos que ter outras possibilidades também”, afirmou o diretor do clube paulista.
Detentor da vaga, o São Paulo já confirmou sua participação na edição 2014 da Liga Futsal e pretende acertar com um novo parceiro o quanto antes para iniciar o planejamento para a próxima temporada. A ideia, segundo Gaspar, é atingir o mesmo orçamento utilizado em 2012, pouco mais de R$ 1,5 milhão.
Colégio Londrinense e São Paulo firmaram parceria em janeiro de 2012. Com a camisa do Tricolor do Morumbi, o time sediado em Londrina foi responsável pela melhor campanha da equipe na Liga Futsal, quando classificou-se em 12º entre os 16 melhores que foram à segunda fase, mas não conseguiu avançar à terceira fase. O acordo acabou depois que o São Paulo acertou contrato com a Penalty, que acabou levando o time para Suzano.

Fonte: Rafael Souza (Folha de Londrina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *