Goleiro diz que não defenderá mais a seleção brasileira

Desde que Falcão anunciou que não defenderia mais a Seleção Brasileira de Futsal, fazendo críticas duras à confederação do esporte, alguns atletas também se manifestaram em suas redes sociais. Após o ex-capitão Vinicius e Vanessa reclamarem da entidade, foi a vez do goleiro do Brasil Kirin, Tiago, colocar a “cara para bater” e enfatizar que não defenderá a Seleção enquanto a CBFS estiver com essa admnistração. 

O arqueiro, citado por Falcão em seu texto de “despedida”, já havia falado para o LANCE!Net que não era convocado desde que cobrou a comissão técnica pela a ausência de um preparador de goleiros em uma competição, no ano passado. Na ocasião, só havia viajado um auxiliar junto com o time. Tiago explicou então que por se tratar de uma Seleção Brasileira era preciso o melhor profissional. Apesar de enfatizar a qualidade e a competência do auxiliar, Tiago disse que era imprescindível a presença de um preparador.

Tiago já foi eleito o melhor goleiro pela Fifa e é bicampeão do mundo.

Na última segunda-feira, o jogador desabafou em seu Facebook, lembrou dos bons anos de Seleção, mas enfatizou que não sente alegria em defender mais a Seleção diante da situação que se encontra a administração da entidade.

Confira o texto na íntegra:

Amantes do Futsal, creio que muitos estão esperando pela minha opinião sobre o que vem acontecendo com o nosso esporte. Posso dizer que esse momento é único. O Futsal nunca teve atletas com a coragem necessária para tentar organizar a “defasada” administração da CBFS. Eu sempre disse que nunca ninguém tiraria o meu prazer de defender a Seleção Brasileira e isso é a mais pura verdade! Porém, não tenho mais alegria diante de tudo o que vem acontecendo hoje na administração da Seleção Heptacampeã do Mundo. Estão destruindo o sonho de defender a melhor equipe do mundo, seja dos mais jovens ou dos mais experientes. Isso é triste. Diante disso, eu não representarei mais a Seleção Brasileira de Futsal com a atual administração! Foram anos maravilhosos, desde as categorias de base até hoje. Participei de todas as grandes conquistas da Seleção principal de 2005 para cá. Agradeço a todos que me ajudaram nessa trilha de sucesso, comissão técnica e companheiros de equipe.

Seguimos firmes na luta pela transparência!”

Fonte: Ndonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *