15 ‘brazucas’ na luta pelo título da Eurocopa

A Eurocopa de Futsal, disputada na Bélgica, chega ao seu momento de decisão. E entre as equipes semifinalistas, nenhuma novidade ou alguma surpresa – tudo como previsto – e com a presença das quatro

principais do continente. Espanha, Rússia, Itália e Portugal chegam mais uma vez para a grande disputa e em seus elencos brasileiros de destaque no futsal mundial.

Em todas as quatro finalistas há brasileiros. A equipe que mais conta com atletas nascidos no Brasil é a Itália, – com 8 dos 14 jogadores de seu plantel -, entre eles o experiente Saad Assis, ala do Barcelona. Saad acredita na capacidade de seu time para vencer. “A seleção italiana melhorou muito e pode ganhar esse Europeu e mostrar que é uma seleção madura e de respeito”, disse.
Com o mesmo pensamento otimista está o capitão italiano, Gabriel Lima, nascido na cidade de Osasco, também no Brasil e que defende o Asti, da Série A italiana. “Agora chegamos onde imaginávamos, vamos ver do que somos capazes”, comentou Lima. O camisa 3 da Azzurra diz que a derrota na estreia para a Eslovênia fez a equipe evoluir e quanto ao confronto contra Portugal, Lima vê uma seleção perigosa, que requer alguns cuidados. “Equipe muito rápida e dinâmica com ótimas individualidades e com o Ricardo que pode fazer a diferença em qualquer momento”, finalizou.
Outra semifinalista que conta com grandes brasileiros é a Rússia, são cinco atletas defendendo a vice-campeã, sendo eles: Pula, Gustavo Paradeda e Cirilo, jogadores do Dínamo Moscou, Robinho e Éder Lima, do Gazprom Ugra. Tendo em Paradeda, eleito recentemente o melhor goleiro do mundo pela Futsal Planet, um dos homens de confiança de Skorovich, a Rússia quer surpreender a Espanha e conquistar o Campeonato Europeu.
“Estamos trabalhando para ganhar qualquer torneio seja ele qual for”, este é o pensamento de Paradeda, que reconhece a necessidade de corrigir alguns erros cometidos na última final da Euro. Para Éder Lima, atual artilheiro da competição, o foco principal da Rússia é a conquista. “O objetivo maior para mim é buscar esse titulo Europeu”, diz esperançoso.
Espanha e Portugal possuem apenas um brasileiro cada em suas equipes, – ambos Fernando, ambos pivôs. Pelo lado português, Fernando Gomes Leitão, conhecido apenas como Leitão, atleta do Acqua & Sapone, da Série A italiana. O outro é o consagrado pivô do Barcelona Fernando Maciel Gonçalves, o Fernandão. Ambos Fernando, ambos buscando a conquista.
Serão 15 brasileiros por quatro seleções diferentes nesta quinta-feira, entre eles apenas um objetivo: conquistar a Europa.
Fonte: Vitor Gomes / Cincoemquadra
Fotos: UEFA, Divulgação, Gilberto Santos, Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *